Injeção Eletrônica

Aos poucos, os sistemas de injeção eletrônica de combustível substituíram os carburadores e hoje já são uma realidade em todos carros novos. Essa tecnologia, ainda assusta muitos motoristas e até alguns mecânicos, que ficam literalmente perdidos quando uma luz-espia se acende no painel, o motor teima em não pegar ou o carro passa a apresentar perda de potência e alto consumo de combustível.

Basicamente, a função da injeção eletrônica é a mesma do carburador; fazer a mistura ar/combustível na dosagem correta e pulverizá-la via coletor de admissão dentro da câmara de combustão. A diferença é que na injeção praticamente tudo é controlado eletronicamente, através de um microprocessador, o “cérebro” do sistema, o módulo de comando central ou centralina e um chip semelhante ao de um computador, além de vários sensores e componentes eletro-eletrônicos, como a agulha eletromagnética da marcha lenta.

Esse módulo central faz com que o motor tenha sempre o máximo de potência, menor consumo e o mínimo de emissão de poluentes em qualquer condição de uso ou solicitação. Ele recebe informações desses sensores, compara os dados com sua programação interna, libera a quantidade ideal de mistura para os cilindros e determina o ponto correto para a ignição para as mais variadas situações de exigência do motor.

Parte das panes ou falhas que freqüentemente ocorrem nos sistemas de injeção está relacionada a três fatores:

  1. Mau funcionamento de algum dos sensores, que deixam de enviar informações ao comando central, prejudicando seu funcionamento;
  2. Terminais e conectores soltos ou oxidados;
  3. Linha de combustível ou bicos injetores entupidos, com pressão ou vazão reduzidos.

Para evitar que haja entupimento na linha de alimentação ou bicos injetores, use gasolina de boa qualidade – as aditivadas são as mais indicadas e abasteça em bombas equipadas com filtros. Os aditivos para gasolina, especialmente desenvolvidas para injeção de combustível, tanto nacionais como importados, também podem ser usados regularmente, pois possuem propriedades detergentes que limpam o sistema e evitam o depósito e formação de borras nos bicos injetores.

Faça limpeza dos bicos na GrandPneus regularmente.